“As pessoas têm o direito de filmar”, diz ministro da Educação sobre gravar professores em sala de aula

Weintraub afirmou também que irá analisar conteúdo de vídeo compartilhado por Bolsonaro.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirma que filmar professores em sala de aula é um direito dos alunos. “Não incentivo ninguém a filmar uma conversa na rua, mas as pessoas têm o direito de filmar. Isso é liberdade individual de cada um. Vou olhar os casos com calma. Não faremos nada de supetão”, disse ao Estado.

O ministro falou que irá analisar os vídeos publicados pelo presidente Jair Bolsonaro e por seu filho, Carlos, nas redes sociais neste domingo (28), para analisar se os educadores cometeram algum tipo de irregularidade.

Weintraub ainda conta que, como educador na Universidade Federal de São Paulo (UniFesp), sempre permitiu que seus alunos gravassem as aulas ou fotografassem a lousa.

Segundo o ministro, o objetivo não é “criar um clima de caça às bruxas” e que os professores devem ficar tranquilos, pois “o direito de todos será preservado”. Ele afirmou que podem ser necessárias medidas para “melhorar o ambiente escolar”.

 

FONTE: Varela Notícias

Deixe uma resposta

Fale conosco

Endereço: Praça Pedro Rabelo de Matosnº 08, Centro, Paripiranga (BA)

Fone: (75) 3279-2135

Anuncie

Anuncie sua marca na rádio e no site. Entre em contato.

Participe via whatsapp

(75) 99814-7184