Fla e Diego Alves se desentendem sobre horários, e goleiro causa saia-justa em treino da manhã

Após se desentender com Dorival Junior durante a semana, Diego Alves se envolveu em mais uma saia-justa nesta sexta-feira. A direção do departamento de futebol e o goleiro se desentenderam do horário de trabalho de Diego Alves, que foi ao clube pela manhã – para tratamento médico – e na parte da tarde – horário em que estava marcado anteriormente o treinamento desta sexta.

A confusão irritou mais ainda a diretoria do Flamengo, que ficou surpresa com a presença de Diego Alves no Ninho do Urubu no turno da manhã, no mesmo horário do restante do elenco.

A informação foi publicada primeiramente pelo blog da Gabriela Moreira, da ESPN. E o GloboEsporte.com confirmou. Diego Alves lesionou no treino de terça e vem realizando fisioterapia. Ele vinha treinando no mesmo horário do grupo, mas, após o desentendimento com Dorival Junior, na frente do elenco, na última quarta, o goleiro foi orientado a trabalhar em outro horário.

Mesmo aparecendo pela manhã – para tratar da entorse no joelho direito -, Diego Alves retornou ao centro de treinamento na parte da tarde desta sexta-feira, conforme previsto e orientado anteriormente pelo departamento de futebol.

O fato de ter aparecido na frente da imprensa pela manhã também não caiu bem dentro do clube. Minutos antes de a atividade ser fechado para os jornalistas no Ninho do Urubu, o goleiro passou diante das câmeras, acenou, deu bom dia e brincou com o assédio: “Isso tudo é para mim?

A situação desta sexta-feira é apenas mais uma em uma sequência de situações delicadas envolvendo a relação do goleiro com o clube. O cenário, que já era difícil, piorou essa semana após Diego Alves discutir asperamente com o técnico Dorival Junior, na frente de todo o elenco. O camisa 1 ainda não engoliu o fato de ter sido barrado pelo treinador. O clube já bateu o martelo que haverá multa.

O imbróglio se estende desde que o goleiro se recusou a viajar para o duelo diante do Paraná, há duas semanas, ao saber que ficaria no banco. Dias depois, a cúpula do futebol do Flamengo convocou coletiva para tentar esclarecer a situação.

Na ocasião, o vice de futebol Ricardo Lomba afirmou que o goleiro treinaria normalmente e estava à disposição de Dorival. Diego, no entanto, não foi relacionado para o jogo contra o Palmeiras, no último sábado e, dificilmente, voltará a jogar pelo Flamengo.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

Fale conosco

Endereço: Praça Pedro Rabelo de Matosnº 08, Centro, Paripiranga (BA)

Fone: (75) 3279-2135

Anuncie

Anuncie sua marca na rádio e no site. Entre em contato.

Participe via whatsapp

(75) 99814-7184