MP de SP vai investigar eventual prática de ‘terrorismo doméstico’ no massacre de escola em Suzano

Procedimento Investigatório Criminal foi instaurado nesta quarta (13). Trabalho será realizado pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

O Ministério Público de São Paulo informou, na noite desta quarta-feira (13), que vai investigar em que circunstâncias ocorreram as dez mortes do massacre em Suzano. O trabalho será realizado pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

O objetivo é apurar a possível existência de organização criminosa que tenha colaborado para “eventual cometimento de crimes relacionados a terrorismo doméstico, como apontam os primeiros indícios”, diz o órgão. O termo terrorismo doméstico é usado para definir atentados terroristas cometidos por cidadãos contra o seu próprio povo ou governo.

O Procedimento Investigatório Criminal (PIC) foi instaurado nesta quarta-feira (13). Mais cedo, o promotor Rafael Ribeiro do Val já tinha sido designado pelo procurador-geral de Justiça, Gianpaolo Smanio, para acompanhar o caso.

FONTE: G1

Deixe uma resposta

Fale conosco

Endereço: Praça Pedro Rabelo de Matosnº 08, Centro, Paripiranga (BA)

Fone: (75) 3279-2135

Anuncie

Anuncie sua marca na rádio e no site. Entre em contato.

Participe via whatsapp

(75) 99814-7184