Exame de DNA comprova que ex-servidor de Vitória estuprou menina de 12 anos.

Um exame de DNA comprovou que o ex-servidor público Diniz Horácio da Silva, de 47 anos, estuprou uma menina de 12 anos, segundo a polícia. O acusado foi preso em flagrante no dia 8 de maio e disse que foi vítima de uma armação.

A menina foi encontrada em um quarto fechado por um cadeado, na casa do acusado. Para a polícia, ela contou que era abusada há quase um ano.

Menina de 12 anos foi encontrada na cama do quarto de um servidor público de Vitória (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

No momento da prisão, Diniz Horácio era funcionário da prefeitura de Vitória e foi exonerado do cargo logo depois do ocorrido.

A polícia concluiu, no dia 15 de maio, que ele praticou os crimes de estupro de vulnerável e exploração sexual. O resultado do exame de DNA ficou pronto no dia 17 de maio, para complementar o inquérito policial.

O acusado está preso no Complexo do Xuri, em Vila Velha. Segundo o delegado Lorenzo Pazolini, titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), Diniz tentou intimidar testemunhas, mandando recados de dentro do presídio.

Fonte: G1.

Deixe uma resposta

Fale conosco

Endereço: Praça Pedro Rabelo de Matosnº 08, Centro, Paripiranga (BA)

Fone: (75) 3279-2135

Anuncie

Anuncie sua marca na rádio e no site. Entre em contato.

Participe via whatsapp

(75) 99814-7184