Carille admite chance de sair do Corinthians: “Por dois caminhões de dinheiro, eu posso pensar”

O principal assunto da entrevista de Fábio Carille após o jogo contra o Deportivo Lara, na Venezuela, pela Libertadores, não foi a surpreendente goleada por 7 a 2.

Na mira do Al-Hilal, da Arábia Saudita, o técnico de 44 anos falou sobre a proposta que pode interromper a sua história no Corinthians.

– Estou muito tranquilo em relação a isso, não é a primeira que aparece, essa proposta vazou por uma emissora do mundo árabe que fez uma enquete com meu nome e de um outro profissional. Tive uma poposta e não dei andamento há um tempo atrás porque só podia levar um profissional comigo, se eu falar o valor vocês vão me chamar de louco por não ter aceitado. Essa não chegou nada de oficial, conversei com meu empresário, só especulação. Desde o início estou sendo claro com a diretoria e estou tranquilo no Corinthians – afirmou.

No ano passado, quando foi alvo da China, Carille chegou a dizer que não deixaria o Corinthians “nem por um caminhão de dinheiro” e que só sairia “no dia em que fosse mandado embora”.

Neste ano, ao ouvir que o Flamengo poderia pagar R$ 1 milhões por mês de salários para ele, brincou: disse que pegaria suas malas e aceitaria a oferta.

Nesta noite, foi lembrado da frase sobre “um caminhão de dinheiro”.

– Um não, mas podem vir dois caminhões (de dinheiro), aí a conversa é diferente. Por um, eu não vou. Por dois, eu posso pensar (risos).

As conversas se dão por meio do empresário do treinador, Paulo Pitombeira, e o resto do estafe. A resposta deve ser dada até a próxima semana, quando o Corinthians volta de longa viagem. Depois da Venezuela, o Timão vai a Recife, para o duelo contra o Sport, domingo, pelo Brasileirão.

Pai de Carille, Joaquim Pereira de Araújo revelou que o filho admitiu numa conversa na quarta-feira que está próximo de uma despedida, por considerar a proposta irrecusável. Seduzido pelos valores (mais que o dobro do salário recebido no Timão) e por um contrato longo, de dois ou três anos, o técnico está mesmo propenso a aceitar o novo desafio.

A imprensa árabe e perfis de notícias do Al-Hilal nas redes sociais apontam que Carille é, ao lado do português Jorge Jesus, do Sporting, de Portugal, um dos cotados para assumir o comando da equipe. Ramon Diaz, que comandava o time árabe, foi demitido em fevereiro. Jesus não deve continuar no Sporting para a próxima temporada.

Deixe um comentário

Fale conosco

Endereço: Praça Pedro Rabelo de Matosnº 08, Centro, Paripiranga (BA)

Fone: (75) 3279-2135

Anuncie

Anuncie sua marca na rádio e no site. Entre em contato.

Participe via whatsapp

(75) 99814-7184